segunda-feira, 27 de maio de 2013

Igreja de Guide Requalificada

Igreja de Guide vai ser requalificada




“Vários monumentos dos cinco concelhos abrangidos pela construção da barragem de Foz-Tua vão ser requalificados e valorizados até 2015.

Trata-se de um investimento de um milhão e seiscentos mil euros da EDP, no âmbito das contrapartidas da Eléctrica Nacional à Região do Vale do Tua. O protocolo entre as diversas entidades envolvidas foi assinado, na passada sexta-feira, em Mirandela, com a presença do secretário de Estado da Cultura. O protocolo rege a intervenção que envolve a EDP, a Direcção Regional da Cultura do Norte e a Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Tua. Trata-se de uma das contrapartidas da construção da barragem de Foz-Tua e da consequente submersão de 16 quilómetros da centenária linha ferroviária. A EDP compromete-se a financiar em um milhão e seiscentos mil euros, a requalificação e valorização de vários monumentos sinalizados pela Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Tua. Sérgio Figueiredo, da EDP, sublinha a importância deste projecto. O Secretário de Estado da Cultura entende que este projecto é uma mais valia para o desenvolvimento harmonioso do território e Jorge Barreto Xavier faz questão de elogiar a capacidade de consenso dos cinco autarcas da região neste processo. Para o presidente do conselho de administração da Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Tua, José Luís Correia, este investimento, apesar de ser uma gota no oceano na globalidade dos projectos que ainda vão avançar na região, é muito importante, porque sem esta verba seria impossível pensar em valorizar estes monumentos.
Refira-se que, no âmbito da contrapartida pela construção da barragem está prevista a criação do parque natural do Vale do Tua e um plano de mobilidade como alternativa à submersão de 16 quilómetros da Linha do Tua. No protocolo está prevista a requalificação do Santuário do Senhor de Perafita, a ponte e via medieval de São Mamede de Ribatua, ambos localizados em Alijó, a Capela da Misericórdia de Murça, o Cabeço da Mina no concelho de Vila Flor, o Castelo de Ansiães e a Igreja da Lavandeira, no concelho de Carrazeda de Ansiães e a requalificação das igrejas de Abambres, Guide e Avantos no município de Mirandela”.
Escrito por Terra Quente (CIR)


Regista-se que as contrapartidas da construção da barragem Foz-Tua possam servir para a requalificação do património da região “afectada”, na parte que mais nos toca, a Igreja de Guide, classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público, pelo Decreto n.º 129/77, DR, I Série, n.º 226, de 29-09-1977.